Maio 2014 – Destaques do DDW 2014

Data de realização: 02/06/2014
Destaques do DDW 2014 são tema da Reunião Científica da Sobed- MG

Destaques do DDW 2014 são tema da Reunião Científica da Sobed- MG

Endoscopistas que participaram do mais importante congresso internacional da área selecionaram os principais pontos do evento em palestra na Associação Médica de Minas Gerias

Digestive Disease Week 2014  (DDW), que acontece anualmente no mês de maio, é considerado o maior evento científico do mundo na área de Gastroenterologia. O congresso sediado esse ano na cidade de Chicago, no estado de Illinois, nos Estados Unidos, foi uma grande oportunidade de encontro para especialistas de vários países trocarem e compartilharem informações, pesquisas, publicações e uma série de experiências. Em cinco dias de evento, foram realizadas mais de cinco mil apresentações para milhares de congressistas de diversos países, todos em busca de atualizações e novos aprendizados. Entre eles estavam os endoscopistas mineiros da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva de Minas Gerais (Sobed-MG), Dr. Walton Albuquerque, do Instituto Alfa de Gastroenterologia do Hospital das Clínicas da UFMG, Hospital Madre Teresa e IPSEMG, e Dr. Kleber Bianchetti de Faria, do hospital Semper e da clínica Gastrocolon. Juntos, eles selecionaram os destaques da DDW 2014 para apresentar na quarta reunião científica da Sobed-MG, deste ano.

O DDW segue duas vertentes: uma mais experimental com um leque de novidades tecnológicas em equipamentos de ponta e outra que é o compartilhamento de experiências comprovadamente eficazes. O médico Walton Albuquerque, veterano em participação no DDW, revela que a cada viagem volta mais entusiasmado com as novidades apresentadas no evento. Nesta edição, uma dos pontos que mais chamou a atenção do especialista foi o trabalho do Instituto de Tecnologia e Treinamento da Sociedade Americana de Endoscopia Gastrointestional. Ele foi convidado a visitar o local e constatou que a estrutura do Instituto está preparada para desenvolver novas tecnologias que permitirão o avanço da endoscopia digestiva, sobretudo na área terapêutica. Acredito que esse ponto será o grande avanço da endoscopia  digestiva moderna”, afirmou.

Como frequentador assíduo e atento do congresso norte-americano, o Dr. Walton conta que outro aspecto que tem se tornado marcante no DDW nos últimos anos é o progresso na qualidade das imagens para se fazer um diagnóstico “histológico” durante uma endoscopia digestiva. “Os aparelhos de alta definição, com cromoendoscopia digital, e a microscopia confocal permitem uma decisão imediata, na hora do procedimento, sobre qual seria a melhor conduta. Eventualmente, até dispensando a análise final pelo patologista”, revelou o médico. Ele explica que esses recursos se aproximam muito da microscopia eletrônica usada atualmente pelos médicos patologistas e acredita que, em médio prazo, essas tecnologias estarão disponíveis para a prática endoscópica no nosso país.

Há quase uma década marcando presença no DDW, o endoscopista Kleber Bianchetti de Faria, especialista em via biliar e ecoendoscopia, ficou impressionado com as novidades apresentadas pelos orientais. Ele fez questão de destacar casos abordados pelas Sociedades de Endoscopia Digestiva da China e do Japão. “Eles apresentaram formas de fazer o acesso à via biliar de maneira diferenciada e muito segura, com materiais diferentes”, enfatizou. Além disso, Kleber chama a atenção para as novas tecnologias nas áreas de ecoendoscopia e via biliar, com inovações técnicas de dissecção, de abordagem de pólipos e de diagnósticos. Novidades que ele fez questão de compartilhar com os demais associados da Sobed-MG.  “o grande benefício de eventos como esse é que as novas tecnologias são muito bem aplicadas nesses países de primeiro mundo e por isso trazem números significativos de casos exemplares”, completou.

Aplicação de novas tecnologias: entraves e expectativas

Importar e aplicar nas clínicas e hospitais brasileiros os novos equipamentos e tecnologias apresentadas em congressos internacionais, como o DDW, depende de dois fatores: financeiro e burocrático. Esse último por causa dos trâmites impostos pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com Dr. Walton Albuquerque, o domínio técnico dos equipamentos não é complicado, “o problema maior é burocrático, já que para usar algum equipamento não registrado pela Anvisa, só mesmo à título de pesquisa, e é necessário o protocolo feito por alguma universidade. A UFMG por exemplo, realiza projetos de pesquisa com algumas tecnologias que estão aguardando autorização pela ANVISA”, e, portanto, não disponíveis para a população geral, revelou.

Kleber Bianchetti de Faria tocou em outro ponto crucial que impõe dificuldades para entrada e implantação dos avanços tecnológicos na realidade clínica do país. “O nosso grande problema é sempre o custo. Lá (nos Estados Unidos) eles falam em milhares de dólares com uma facilidade que nós aqui temos dificuldade. Entretanto, com a experiência que se tem que no início as novidades tecnológicas são caras, mas no futuro elas ficam mais baratas, nós temos que estar preparados para quando chegar a nossa vez”, disse Kleber, com vistas a um futuro cada vez mais próximo.

Eventos internacionais: passaportes para um belo futuro profissional

Se o gasto para participar de um evento internacional parece caro, é bom pensar o quanto um profissional ganha com esse tipo de investimento. Também nesse ponto, os palestrantes da noite são exemplos a serem seguidos. “Não tenho dúvida de que o DDW supera o evento mundial da área de Gastroenterologia e é fundamental para o profissional se manter atualizado”, afirmou o endoscopista Kleber Bianchetti. Já Dr. Walton Albuquerque fez questão de estimular os jovens médicos a participarem de eventos como o DDW.  “É um investimento importante na carreira, principalmente pelo contato humano com profissionais de diversos países que é fundamental para ampliar a visão do endoscopista como médico”, enfatizou.

Telefone para informações: (31) 3247-1632
Local do evento: Associação Médica de Minas Gerais
Site do evento: clique aqui