Dilatação acentuada do colédoco com múltiplos cálculos em paciente com vesícula in situ: alternativas endoscópicas

Artigo por Rhaissa Carvalho Said em 03/08/2015

Residente: Rhaissa Carvalho Said

Hospital IPSEMG

Preceptores: Dr Walton Albuquerque / Dr Itiberê Pessoa

CASO

Paciente I.F., 77 anos, sexo feminino, admitida com quadro de dor abdominal recorrente. Realizou US abdominal que evidenciou coledocolitíase dista, condicionando significativa colestase intra e extra-hepática. Colângiorressonância também mostrou coledocolitíase distal com dilatação importante do colédoco. Programada CPRE em caráter eletivo. Durante procedimento, foi observada dilatação de vias biliares intra e extra-hepáticas, além de várias falhas de enchimento de até 20 mm em colédoco dilatado. Realizada papilotomia com papilótomo convencional, seguida de dilatação com balão hidrostático até 16,5 mm. Passado Basket com saída de inúmeros cálculos de até 20 mm, resíduos, lama biliar e grande quantidade de bile. Realizada nova colangiografia com drenagem satisfatória, sem novas falhas de enchimento (vídeo). Paciente evoluiu bem, sem complicações e recebeu alta hospitalar no dia seguinte ao procedimento. Proposta de realização de colecistectomia eletiva.

Clique aqui para fazer download do caso.