Manejo de anticoagulantes e antiagregantes plaquetários
11/03/2019

Manejo de anticoagulantes e antiagregantes plaquetários

Sobedianos discutem sobre os antitrombóticos e a relação deles com a endoscopia

Na segunda-feira, dia 11 de março, a SOBED -MG realizou a segunda Reunião Científica de 2019, no Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais. Na ocasião, a palestrante convidada, Dra. Christiane Soares Poncinelli, abordou o tema: Manejo de anticoagulantes e antiagregantes plaquetários. “Foi uma aula bem prática! Nossa conversa visou os antitrombóticos e a relação deles com a endoscopia”, afirmou a médica. 

De acordo com a especialista, existem duas situações principais. A primeira está relacionada aos pacientes em uso dessas medicações, sejam elas antiplaquetárias ou anticoagulantes, e que chegam aos serviços de emergência com hemorragia digestiva. Já a segunda, se refere aos pacientes eletivos que serão submetidos a exames endoscópicos e que estão utilizando essas substâncias. “Nossa missão é analisar qual a conduta médica a ser adotada em cada caso, levando em conta o risco do procedimento e a possibilidade de suspensão dessas drogas”, ressaltou a endoscopista. 

Segundo Dra. Christiane, todo endoscopista acaba se deparando com as situações estudadas na aula.  “ A gente pode perceber que sempre tem um caso para se relatar sobre o tema, seja na urgência ou nos procedimentos eletivos. Um dos apresentados hoje, por exemplo, do Dr. Vítor Arantes, do Hospital das Clínicas, foi justamente sobre a dissecção endoscopia. Na situação relatada, um paciente de alto risco coronariano, em que a suspensão de um antiplaquetário poderia gerar complicações, conseguiu passar pelo procedimento mesmo com a ingestão das drogas”, revelou a especialista.  

 

 

Av. João Pinheiro, 161 - Centro - CEP: 30.130-180 / Belo Horizonte / Tel: (31) 3247-1600